23/02/2012

Simplesmente Matador!

O produtor francês Romain Dilouya lança seu primeiro álbum resgatando os melhores momentos da música negra num trabalho sublime.
 
 
 
 

Sem a menor dúvida, a melhor supresa musical que tive nos últimos anos veio lá da bela Paris, no ano passado, com um single de um produtor até então desconhecido e de nome estranho, Dilouya. A música "The Way It Goes" simplesmente me encantou já no primeiro acorde.

Se não bastasse a escolha de vocalistas do quilate do inglês John Turrell e da francesa Sandra N'Kake, a música simplesmente é de uma beleza única. Melodia bem constrúida, acordes de guitarra no melhor estilo George Benson e uma levada Soul absolutamente irresistível.

Estava diante do single do ano e de uma das músicas mais encantadoras que eu tinha ouvido nos últimos tempos. Ela simplesmente tem todos os ingredientes de bom gosto que a música negra implementou desde a década de 70. Ou seja, é uma música Jazzy Soul regada de Funk.

Claro que "The Way It Goes" fez crescer a expectativa do que este produtor francês seria capaz de fazer além disso. Afinal, desde o Acid Jazz nos anos 90 com Incognitos e Brand New Heavies da vida, nada tinha me encantado tanto quanto a música do tal Dilouya.

A resposta foi dada no último dia 20 de fevereiro com o lançamento de "Faithful Circus". O  primeiro álbum de Romain Dilouya que para felicidade geral da nação que ama uma boa música negra, atendeu todas as expectativas. Dilouya realmente fez um trabalho sublime.

O álbum além de resgatar como eu disse aquela Soul Music mais dançante com influências jazzísticas e o próprio Acid Jazz, "Faithful Circus" é de um bom gosto descomunal. E mais do que isso, Dilouya não se prendeu a uma só levada e temos caminhos diferentes percorridos em todo álbum.

E como se não bastasse as melodias e arranjos realmente precisos e belos, temos aqui um grande time de vocalistas. Entre eles, John Turrell lógico, que além de brilhar em "The Way It Goes" nos brinda com sua voz realmente única em mais duas faixas.

Além disso temos o monumento do Acid Jazz, a cantora NDea Davemport destilando sua voz inconfundível e seu charme, a talentosa Sandra Nkake, um dos melhores cantores Soul dos últimos tempos, o inglês Omar e ainda a nova sensação da Soul Music francesa, o incrível cantor Sly Johnson.

Ou seja, tudo em "Faithful Circus' é bom e foi pensado nos mínimos detalhes. É um álbum que transcende os modismos e aposta na beleza musical. Romain Dilouya jamais se atém ao que faz sucesso e vende hoje em dia, mas recorre a boa música. Simples assim!

Destaques é que não faltam em "Faithful Circus". Claro que "The Way It Goes"é a música do álbum. Mas se ela é nota 10, temos também músicas nota 9,9. Como "Right Time" com participação da sempre excelente NDea Davemport. Resgate total do Acid Jazz.

Outra música soberba é "Over The Sun" com Omar. Ela é uma ode ao bom gosto resgatando o sabor da Soul Music emocionante que Marvin Gaye sabia fazer como ninguém. Melodia belíssima e um Omar em plena forma. Música pra ouvir milhares de vezes sem cansar.

Como se não bastasse estas 3 obras primas, temos ainda "Time's Gone" com Hugh Coltman, "Something About You"com Juan Rozoff,  "Goodbye"com John Turrel, "Body Rock"com Beautyfull e ainda "Running Away com Sly Johnson que arrebenta com tudo.

Melhor álbum black dos últimos tempos. Altamente recomedado com estrelinhas!


Sérgio Scarpelli


Conheça aqui Faithfull Circus : http://soundcloud.com/dilouya/dfc-album-preview