09/01/2013

Brand New Jazz!

O grupo alemão Re:Jazz lança seu quinto álbum da carreira renovando seu som e principalmente seu casting de vocalistas. Nathalie Schäfe
 
 
 
 

Eles são velhos conhecidos do novo Jazz. São alemães de Frankfurt liderados pelo pianista e DJ Matthias Vogt. Começaram a carreira retrabalhando músicas da vertente de forma orgânica, daí o nome. Eles são os Re:Jazz que estão de volta com seu quinto álbum chamado "Kaleidoscope".

As novidades são muitas. Além de um som renovado sempre tendo o jazz como base mas alçando vôos para outros ritmos negros, o álbum foi produzido pelo conterrâneo da banda, o jazzanova Axel Reinemer, que anda realmente numa fase altamente inpsirada desde seu incrível "Funkaus Sessions".

Além disso, a vocalista da banda
Inga Lühning deu um tempo e abriu espaço para a jovem cantora Mediha Rustempatic que é uma grata supresa, para a sensacional e eterna diva do Acid Jazz, N'Dea Davemport que realmente arrebenta com tudo e para a incrível Nathalie Schäfer que é dona da melhor faixa do álbum.

Matthias Voght tem uma capacidade fenomenal de reunir outros talentos, sejam músicos ou cantores. Participam deste álbum também grandes músicos como Oliver Leicht (sax), Jan Stuermer (guitarra), Volker Schmidt (bateria), Heiko Himmighoffen (percussão) e Andreas Manns (baixo).

O NuJazz.por excelência significa o jazz com um apelo mais pop. Ou o jazz fundido com a música eletrônica. Mas no caso do Re:Jazz  o resultado é diferente. É sempre uma música cheia de imaginação, rítmo e tocada de maneira orgânica. Eles até remixam músicas de maneira acústica pra ter uma idéia.

E aqui em "Kaleidoscope" eles muitas vezes se aproveitam de sabores Soul para colocar sabores extras em suas construções jazzísticas sempre bem feitas. A grande faixa do disco chamada "It's All Good", com vocais de Netka, é um exemplo vivo disso. Tem groove do bom no meio desse jazz.

Outra músicassa do álbum é "Don't Push Your Luck" que vem com a assinatura de N'Dea Davemport. Além dos vocais sempre precisos da diva, a cozinha é algo fantástico. Muita percussão e Matthias Voght arrassando com tudo nos teclados. Sensacional.

Destaque também para as faixas que tem a gracinha Mediha Rustempatic nos vocais. Ela realmente tem uma voz deliciosa e é uma bela revelação. As músicas "Tears", "Wonders Of The World" e "At First Glance" são de um bom gosto e de uma beleza descomunal. Pode ouvir mil vezes que elas não cansam.

2013 começando muito bem! Altamente recomendado!


Sérgio Scarpelli