30/06/2012

A Rendenção do R&B

Ao evocar seus ídolos e suas influências, o cantor, produtor e compositor R.Kelly faz um álbum sublime e mostra o que é o R&B de verdade.
 
 
 
 

Quando você ouvir "Write Me Back", o novo álbum do gênio negro R.Kelly, imdediatamente você vai se recordar de gente como Teddy Pendergrass, Barry White, Stevie Wonder, Michael Jackson, Smokey Robinson, Sam Cooke, The Isley Brothers, Marvin Gaye e outros.

E isso não é mera coincidência não. É extritamente proposital. Pois o grande compositor, produtor e cantor R.Kelly buscou nas suas raízes a melhor forma de reiventar seu próprio som. E fez ao meu ver um dos melhores álbuns de sua carreira super bem sucedida.

Claro que o público que acha que Cris Brown, Rihanna ou Beyoncé faz R&B pode torcer o nariz. Mas quem tem uma certa bagagem na vertente entende que R.Kelly nada mais fez do que relembrar como este gênero é bom e como se tornou o mais popular da música nos Estados Unidos.

E vou além, R.Kelly tem lastro pra fazer este tipo de trabalho. Se a gente pegar Michael Jackson por exemplo, R.Kelly compôs dos grandes sucessos do Rei do Pop, a música "You Are Not Alone". E em "Write Me Back" tem muita alma de Michael Jackson nas músicas.

E outra coisa mais importante ainda. R.Kelly emociona muitas vezes em seu novo álbum. Traz melodias bonitas, cheias de romantismo. Tal qual seus ídolos faziam principalmente nos anos 70. "Write Me Back"é um álbum que tem alma negra de verdade. É a redencão do R&B pra mim.

Ele sai desta mesmice eletrônica e burocrática que virou o R&B atual. Ele coloca emoção no lugar de batidas cansativas. Ou seja, "Write Me Back" devolve ao R&B o lugar que ele nunca deveria ter saido. Dá uma nova chance a vertente de rever suas raízes.

Tudo bem que sou muito suspeito pra falar de R.Kelly pois sou fã do cara desde o começo de sua carreira. Mas garanto que se outro artista fizesse um álbum como "Write Me Back" estaria elogiando do mesmo jeito. É inegavelmente o melhor álbum de 2012 até aqui. Difícil de ser batido.

Por exemplo das 16 faixas, 6 delas são arrebatadoras, 5 estrelas mesmo. "Share My Love" é a música do ano pra mim. Romântica, emocionante e belíssima nos acordes que nos remete aos tempos áureos da música black. Fora que R.Kelly está cantando melhor do que nunca.

As outras são "Love Is", "Feelin' Single", "Lady Sunday", "Believe That It So" e "One Step Closer". Cada uma com seu estilo, cada uma com sua referência, cada uma faz lembrar de músicas muito boas que já ouvimos na vida. R.Kelly faz isso com maestria.

Merecem destaque e muito também as músicas "You Are My World" numa clara referência a Michael Jackson, "Clipped Wings", "Fool For You", "All Rounds On Me" e "When a Man Lies". Enfim, um discasso que vale a pena do começo ao fim como há muito eu não ouvia no R&B.

Altamente recomendado!

Sérgio Scarpelli