12/02/2017

Simplesmente Adele

O Grande vencedor do Grammy 2017 é Adele e o bom "25".
 
 
 
 


Podemos dizer que Adele é uma marco na indústria fonográfica. Pois em plena decorrada da mesma ela conseguiu com seu álbum "21" vender simplesmente 30 milhões de cópias. Ou seja, ela foi a salvadora da pátria. E o melhor com um estilo próprio sem recorrer a fórmuletas do mundo Pop.

No seu novo álbum "25" ela repete a dose. Percorre caminhos já conhecidos mas com uma qualidade fora do comum. E uma voz...que voz. Adele simplesmente coloca seu jeito blue-eyed soul de cantar em níveis estratosféricos e dá um show de interpretação. É bom ouvir Adele e fim de papo.

Com 27 anos a inglesa Adele Laurie Blue Askins pode ser condecorada como Rainha. Nada beira parecido com ela. Pois ela se dá ao luxo de ser uma cantora. Não dança, não faz estrepolias, não explora a sensualidade. Se bem que com 15 quilos a menos ela está linda de morrer.

Adele canta sobre o amor. Sobre as argruras de se terminar uma relação. Tudo muito bonito e caprichado com um time de produtores de primeira como Danger Mouse, Samuel Dixon, Paul Epworth, Greg Kurstin, entre outros. Isso sem falar nos seus parceiros na composição como Bruno Mars.

O álbum "25" é dramático, tipo daqueles chora na rampa. Mas ao mesmo tempo é lindo. Tem uma ou outra faixa mais animadinha. Mas a essência dele é amorosa e apaixonada. Adele ainda fala sobre corações despedaçados mas não se faz mais de vitima.

Musicalmente o álbum segue "21". A aposta segue quase que unicamente na voz de Adele, que não se farta de esticar notas e aplicar outros malabarismo vocais. Tem um R&B aqui, uma canção mais Pop ali, mas o grosso é piano, cordas e Adele. E mesmo soando um pouco repetitivo é fora da curva.

Destaque 5 estrelas para 3 faixas. "All I Ask" feita junto com Bruno Mars é lindíssima do começo ao fim. Melodia emocionada, letra romântica e uma Adele brilhando sem parar. Outro caso sério é "A Million Years Ago"que é a minha preferida. Que balada! E "Miss You" que vai para o lado Pop mas não perde a qualidade.

Outras faixas que em chamaram atencão foram "Send My Love", "Hello" e "Sweetest Devotion". Mas a verdade é que você ouve as 11 faixas sem dor. Porque Adele não arrisca. Aposta no seguro e como ela é uma artista fora do comum fica tudo bom. Recomendado


Sérgio Scarpelli




Salvar