18/04/2012

A Diva e o Geek

O excelente duo britânico DivaGeek estréia na música mostrando não só a essência da Soul Music, mas o caminho do futuro para ela.
 
 
 
 


Ela é Vula Malinga, a diva. Cantora extraordinária da melhor linhagem black com um potencial vocal enorme, soprano, e groove na veia. Ela que começou cantando em igrejas de Londres e brilhou como nunca no grupo modernoso Basement Jaxx e acompanhando Sam Sparro em sua turnê.

Ele é Ben Jones, o geek. Originalmente bateirista, é produtor de mão cheia. Um cara todo ligado em tecnologia mas que tem uma sensibilidade fora do comum para a música. Seus arranjos conseguem equalizar de uma maneira sublime a música eletrônica e orgânica.

Juntos eles fomam o DivaGeek. Duo que estréia já com o pé direito com o álbum "He Said, She Said" que além de ser uma grooveria da boa, mostra um caminho de luz para a música negra moderna. Se ela seguir por aqui vai se dar muito bem, disso não tenho dúvida.

Porque o DivaGeek não deixa um minuto sequer de ser moderno, mas lá nas entrelinhas, seja com a presença marcante de Vula Malinga que tem porte e voz de Diva Soul, ou nos acordes da guitarra, baixo, bateria e beats computadorizados de Ben Jones, mostra as raízes da Soul Music.

Diria que o álbum tem fortes influências negras de um Jimmmy Jam mas ao mesmo tempo tem fortes influências brancas de um Level 42 por exemplo. É mais ou menos por aí. Você não consegue definir exatamente o que é o DivaGeek. E aí está o brilho do grupo.

Além de Vula e Ben, temos em "He Said, She Said" músicos fantásticos como o guitarrista Essie J Lewis Allen e um monstro no baixo, Rob Mullarkey. Ou seja, tudo aqui é guiado pelos deuses da música e não pelos chefes financeiros e engravatados da cena atual corrente.

DivaGeek é um antídoto refrescante para a mesmice e pobreza do R&B moderno pois tem alma e coração em tudo que faz. Assim resgata de uma vez por todos o que é música black boa se tornando uam espécie de herói da resistência de partida para o futuro.

Destaque 5 estrelas para a faixa dançante  "Money" que é sem dúvida uma das melhores músicas de R&B dos últimos anos. Outra maravilha é  "Oh La Laa" que além do show de Vula, mostra inteligência no arranjo e na sua estrutura rítmica.

Ainda temos "Trouble", "Mr Happy" e "Hangin Wid You" que são maravilhas negras modernas que desbancam de uma vez por todas esta coisa o R&B comercial. Você pode ser moderno e bom ao mesmo tempo. Pode querer atinjir os jovens, mas ensinando pra eles o que vale a pena escutar.

Altamente recomendado!


Sérgio Scarpelli


Saiba mais em www.divageekmusik.com