02/10/2012

Resgate Total

O Dj e Produtor alemão Ferry Ultra bilha no seu primeiro álbum resgatando não só o groove black dos anos 70, mas também os artistas.
 
 
 
 

Simplesmente sensacional! Estas foram as únicas palavras que eu encontrei após ouvir de cabo a rabo o álbum "Ferry Ultra and the Homeless Funkers". Realmente é uma experiência única para quem é fã de Disco Funk, Boogie Dance e todos seus filhotes. É um resgate total.

Não que seja uma novidade de outro mundo. Temos vários exemplos atuais e bem sucedidos fazendo este tipo de som como The Sunburst Band, Cool Million, Bennson, entre outros. Mas a diferença foi o cuidado, o bom gosto e o  senso histórico que o produtor alemão Ferry Ultra teve.

O álbum "Ferry Ultra and the Homeless Funkers" é impecável. Entra direto na lista dos 10 melhores álbuns do ano sem dúvida. Ferry Ultra mostra todo seu amor pelo groove do passado com uma produção moderna e contemporânea sem perder o sentimento e instrumentação ao vivo.

Mas revisitar o tipo som é apenas um capítulo do álbum. Ferry Ultra foi fundo em sua missão de resgatar o groove dos anos 70 e 80 e trouxe de volta alguns nomes que estavam perdidos aí na história. Daí até se explica o nome do álbum que significa algo como "Funkeiros Sem Teto"

O álbum traz de volta um dos pioneiros do rap, Kurtis Blow que há muito tempo não dava sinal de vida. Ele é um monumento da música negra e da música em si. Outra colaboração antológica é da diva disco Gwen McRae presente em duas faixas. E duas das melhores faixas.

O álbum ainda conta com o lendário músico Roy Ayers em garnde forma, a cantora Nicole Russo que já foi até Brand New Heavies, as poderosas vozes de Ron Carrol e Byron Stingly, a sumidassa Julet Roberts e ainda Ashley Slater, Sharon Philips, Ann Sexton, Karl Denson e Melva Houston.

E como se tudo isso não bastasse, Ferry Ultra ainda teve como co-produtor ninguém menos que Rob Hardt que é uma das metades do duo Cool Million. Ou seja, um tremendo de um expert no assunto pois além da parceria com Frank Ryle já trabalhou com Chaka Khan, Keith Sweat e até o Zapp.

Enfim "Ferry Ultra and the Homeless Funkers" é um discasso, daqueles para colecionar a versão física. Porque além da incrível capacidade de reunir talentos lendários, ele aproveita cada segundo destas colaborações valiosas. Ou seja, o alemão sabia extamente o que queria de cada um.

E por isso temos músicas 5 estrelas como "Happy"e "Let Me Do My Thang"com Gwen McRae, "Rising Up"com Ann Sexton, "Dangerous Vibes"com Roy Ayers, "The Wiggle"com Kurtis Blow, "Why Did You Do It"com Ashley Slater e "Groove Out Your Funky Soul"com Juliet Roberts.

Isso realmente só pra citar algumas faixas já que todo o álbum vale a pena. Realmente Ferry Ultra, um veterano DJ e Produtor talvez tenha esperado sua melhor fase e sua inspiração máxima para fazer seu primeiro álbum da vida. Ele caprichou, colocou sua sabedoria e principalmente sua alma nele.

Um do melhores do ano. Altamente recomendado!!!


Sérgio Scarpelli