23/10/2012

Único Como Sempre

Como nos tempos do Steely Dan, Donald Fagen lança novo álbum com um som cheio de elementos conhecidos mas que no final é um som só dele.
 
 
 
 

Disse uma vez que o som do Steely Dan é parecido apenas com o som do Steely Dan. Um som próprio que bebe muito na fonte negra da música mas que reúne outros elementos como Rock e Pop. Até aí nada de único. Mas a dosagem de cada estilo nas músicas é uma fórmula que Walter Becker e Donald Fagen guardam a sete chaves.

Tanto que Donald Fagen usa e abusa desta fórmula em seu novo álbum “Sunken Condos” e por isso temos algo maravilhoso. Principalmente para os fãs da velha banda. É mais do mesmo mas com um sabor renovado e de um bom gosto fora do comum. É um Steely Dan em pleno ano de 2012.

As sequências de acordes inesperados, interação instrumental flexível, letras altamente irônicas  e o vocal suave de Fagen dão o tom ao álbum. Um álbum que mantém o legado único do Steely Dan tanto que membros da antiga banda como o guitarrista Jon Herington e o baixista Freddie Washington são os ilustres convidados.

O resultado é um conjunto de ranhuras sonoras impecavelmente adaptadas aos dias de hoje. Oito das nove músicas são originais. com exceção lógico de "Out of the Ghetto", música de Isaac Hayes de 1977, regravada com maestria, onde Fagen manteve o Funk cru da música original e introduziu um sorriso sardônico com nuances de Jazz.

Temos outras faixas realmente sublimes como “Slink Thing” com uma levada Soul/Funk deliciosa,  “I’m Not The Same Whithout You”, a melhor do álbum,  que tem uma leve guitarrinha Disco e uma harmonica estilão Stevie Wonder. E ainda  “Memorabilia”, “The New Breed” e “Good Stuff”.

Um álbum totalmente elegante e com um som realmente agradável que vale cada minuto. Altamente recomendado!


Sérgio Scarpelli