04/09/2009

Sunburst Band – The Remixes

Joey Negro reúne em um álbum duplo o melhor de sua Sunburst Band remixado por um timaço de DJs.
 
 
 
 

A Sunburst Band

 é um capítulo a parte na carreira do multi-facetado Joey Negro. E o melhor capítulo. Em 1998 Joey teve a brilhante idéia de resgatar o groove dos anos 70 e moldá-lo para os novos tempos. E para isso reuniu músicos de grupos de Acid Jazz pois a vertente se também se baseava nesta premissa.

Com Michele Chiavarini nos teclados, Julian Crampton no baixo, Thomas Dyani-Akuru na bateria, Tony Remy na guitarra, e a vocalista Taka Boom, irmã de Chaka Khan, lançou o antológico álbum "Here Comes The Sunburst Band" e aí não parou mais de fazer coisas boas.

As influências da Sunburst são declaradas e escancaradas. De Earth Wind & Fire a George Duke, de Sausoul Orchestra a Chic, de Shalamar a Roy Ayers, de Lonnie Liston Smith a Incognito. Ou seja, groove, groove e mais groove. Sempre com aquela aura Disco que faz relembrar os melhores momentos dos anos 70..

Ainda a Sunburst Band lançaria em 2004 o maravilhoso álbum "Until the end of time" e depois em 2008 "Moving with the Shakers". Pois bem todas estas peripécias sonoras de Joey Negro estão reunidas num único álbum. Mas como Joey faz tudo bem feito convocou um Dream Team de Djs e seus remixes.

O álbum “The Remixes” é antes de mais nada um exemplar para colecionador. Em grande parte do álbum temos remixes lançados somente em vinil 12 polegadas e que pela primeira vez estão num CD. Ou seja, é meio que uma mosca branca pra quem curte este tipo de som e não pode ter acesso antes as bolachas.

Nesta pegada estão por exemplo os remixes de “Twinkle” dos Idjut Boys, “Journey To The Sun” de Dennis Ferrer, “Man Of War’ de Henrik Schwarz, “Everything's Gonna Be Ok “ de Yam Who? e por aí vai. Tem também muitos remixes feito pelo próprio Joey Negro e coisa nova de The Revenge, Recloose e Kaje.

Mas por incrível que pareça o remix que eu mais gosto é do nosso DJ Meme. Talvez por Meme ser entusiasta da Disco Music, ele conseguiu captar muito bem o espírito da Sunburst Band. “Sitting On Top Of The World” é a melhor faixa deste álbum duplo sem dúvida nenhuma.

Mas tem outras pérolas aqui. Como “Everyday” remixado pelo grande Cool Million“Our Lives Are Shaped” do estimado Grant Nelson. Enfim, mesmo preferindo as versões originais, tudo que vem com a assinatura Sunburst Band e de Joey Negro vale muito a pena. E “The Remixes” não foge a regra.


Sérgio Scarpelli