06/11/2008

Al Green – Lay it Down

Quem sabe, sabe. Al Green volta em álbum sublime.

 
 
 
 
Talvez este não seja o melhor álbum do ano. Mas é inegável que é a supresa mais agradável de 2008. O reverendo Al Green está de volta. E de volta mesmo, com aquela sua pegada soul mais libidinosa em álbum sublime chamado "Lay it Down". Que me desculpe Deus, mas Al Green é muito melhor assim do que cantando orações ao Senhor. Isso é fato.

Al Green é um gigante da música. Foi um dos maiores nomes do movimento soul dos anos 70. Músicas como "Let's stay Together", "I can't stop" ou "Call me" embalaram gerações e são cultuadas até hoje. Porque não dizer, Al Green foi trilha sonora da maioria dos romances nos anos 70. Dizem até que 9 meses depois do lançamento de "Let's saty Together", muita criança nasceu em consequência da música. Ele mesmo brinca dizendo que não sabe como não tem nehuma criança com o nome "Let's stay together".

Depois do grande sucesso, Al Green se retirou da cena pop e virou pastor. Após uma tragédia pessoal onde sua namorada se matou, Green comprou um igreja em Mênfis e passou a gravar apenas música Gospel. Os críticos diziam na época que Green tomou esta decisão também porque suas vendas começaram a decair. E a música Gospel seria uma saída mercadológica.

Fofocas a parte, o que importa é o que o velho mestre está de volta e em grande estilo. O álbum "Lay it Down" é impecável. E o melhor de tudo é que temos aquele Al Green dos anos 70 totalmente de volta. E aí meus amigos, por mais que os jovens da soul music sejam muito talentosos, é covardia. O cara domina a vertente como poucos. Não é um álbum de duetos. Mas estão presentes grandes artistas da nova geração como "John Legend", "Anthony Hamilton" e "Corinne Bailey Rae". Até nisso o cara é bom. Pois estes 3 artistas são da corrente mais clássica da soul e com certeza serão os Al Greens de amanhã. E para completar, a produção bem cuidada é de Ahmir Thompson do The Roots.

Destaque para a faixa "You've got the love I need" com a participação de Anthony Hamilton. Essa sim é forte candidata para ser a melhor música soul do ano. Que maravilha é isso aqui. Thompson conseguiu preservar o sabor Al Green, mas ao mesmo tempo você percebe que estamos em 2008. "Stay With Me (By The Sea)" com John Legend vai pelo mesmo caminho. "Take Your Time" com Corinne é uma balada pra relembrar os tempos que se dançava de rosto colado. E "Just for me" é a faixa mais "Let's stay Together" do álbum.

Reverendo, peço sua benção!

Sérgio Scarpelli

11/06/2008 15:34:38