10/11/2008

12 anos se passaram e o som deles continua atualíssimo.

Nuyorican Soul!

 
 
 
 
Com a producão da Salsoul Orchestra de Vince Montana Jr. e vocais de Loleatha Holoway, "Runaway" sempre foi uma das músicas preferidas em minha vida. E jamais passou pela minha cabeça aceitar qualquer cover dela. Sou assim meio purista quando amo um som. Mas aí em 1996 a duplinha Kenny "Dope" Gonzales e "Little" Louie Vega do "Masters At Work" criaram um projeto e lançaram um cover de "Runaway" tão fantástico quanto a original. Esta historinha foi apenas uma desculpa para falar deste incrível projeto dos anos 90 que não envelhece, o Nuyorican Soul.

Os Porto-Riquenhos de Nova York

Nuyorican quer dizer isso mesmo. Os nova-iorquinos que são de origem porto-riquenha. Como nossos heróis Kenny Dope e Louie Vega. Nos anos 80 eles fundaram a Masters At Work que basicamente tinha como base a House de Chicago com influências do Hip Hop e do sabor latino. E assim A MAW tornou-se uma referência nas pistas de dança seja com producões próprias ou em remixes antológicos. Mas foi nos anos 90 que eles supreenderam a cena House e deram uma virada de 180º criando o projeto Nuyorican Soul.

Capitaneados pelo mago Gilles Peterson e a sua Talkin Loud, Kenny Dope e Louie Vega simplesmente substituiram os samplers e sintetizadores tão comum na House e os substituíram por instrumentos reais. Se inspiraram totalmente em Vince Montana Jr. e sua Saulsoul Orchestra e deram um soco no estômago da mesmice.

O Nuyorican Soul na essência é uma fusão do house com música Latina, a disco music e o jazz. Até aí poderia apenas ser um projeto muito bom. Mas o toque de midas deveu-se aos colaboradores escolhidos a dedo. Fazem parte deste álbum do Nuyorican Soul, Vince Montana Jr, Roy Ayers, George Benson, Tito Puente, Eddie Palmieri, Jazzy Jeff e as vocalistas Jocelyn Brown, Lisa Fischer, Paulette McWilliams e India.

Nuyorican Soul. O álbum.

O resultado de todos elementos que descrevi só poria resultar num album antológico. Filho único do projeto infelizmente. São tantas músicas boas reunidas e cada uma com uma história rica e particular.

"Runaway" que eu citei no começo é um remake tão bom quanto a original. E tem uma explicação. Kenny e Louie chamaram o próprio Vince Montana Jr que tinha criado a original para arranjar o cover. No lugar de Loleatha Holoway, colocaram a cantora India que na época era esposa de Vega. E ainda nas guitarras contavam com a maestria de Ronnie James. Fantástica versão que se tornou o hit do álbum.

Outra obra prima que tira o fôlego de qualquer um até hoje é "I am The Black Gold of the Sun" que poderíamos chamar de uma fantástica música jazz/house. Talvez a melhor feita até hoje dentro desta proposta. Aqui temos os vocais sublimes de Jocelyn Brown que simplesmente arrasa. Assim como fez na faixa "It's Alright, I Feel It!", um pancadão.

"You Can Do It (Baby)" é mais que uma música. É um acontecimento. São 16 minutos de Jazz/ Funk criados por Kenny Dope onde temos simplesmente a guitarra e scat de George Benson. Em "Roy Scat" temos a presença de um dos papas do jazz Roy Ayers. Mesma coisa acontece em "Taita Caneme" com Eddie Palmieri.

Ao revistitar Nuyorican Soul a maior supresa que você terá é que o tempo só fez bem a ele. Trata-se de uma música não datada e que poderia tranquilamente ser lançado agora em 2008 com ares de novidade.

11/09/2008 01:09:58