13/11/2010

I See Dead People

Lançamento de álbum póstumo de Michael Jackson gera polêmicas, dúvidas e mais do que isso, saudade dos velhos tempos.
 
 
 
 

Tem gente que morre de medo de fantasmas. Eu morro de medo de álbuns de fantasmas. Porque geralmente eles nunca são bons. Nunca realmente se sabe quando foi gravado, porque não saiu quando o artista estava vivo ou se o artista estava trabalhando nele quando morreu.

Já teve vários casos assim e lógico que o Rei do Pop não poderia ficar fora disso. Ainda mais que pelas especulações, Michael Jackson teria deixado mais de 100 músicas gravadas que nunca foram lançadas.E já se faturou cerca de 1 bilhão de dólares depois da sua morte.

Pois bem, está marcado para o dia 14 de dezembro o lançamento do novo álbum de Michael Jackson que leva apenas o nome "Michael". E mesmo antes do lançamento, já gerou uma polêmica e tanto como o primeiro single "Breaking News". Será que é Michael mesmo?

Mesmo com esta polêmica, tenho quase certeza que é o Rei do Pop mesmo cantando aquela música. Só que a música é fraca. Com uma batida antiga estilão New Jack Swing de Teddy Rilley e que parece ser uma rebarba do último álbum  gravado em vida por Michael, "Invincible".

Foi a mesma sensação que tive quando ouvi "This Is It". Michael Jackson não tinha lançado a música antes pois ela não merecia ser lançada. Mas aí o cara se foi e quem pode controlar a ganância de sua familia, da gravadora ou de seus credores? Ninguém.

O álbum ainda contará com a música “Hold My Hand” num dueto com  o péssimo Akon gravada em 2007. Nada inpirada também já que a versão vazou na internet. Akon disse que o mundo não estava ainda pronto pra ouvir a música naquele ano. Não estava acabada.

Akon disse também que tanto ele quanto Michael ficaram arrasados quando a música vazou e que agora enfim, chegou o momento certo de seu lançamento. " Em sua versão final a música  tornou-se uma canção incrível, linda, um hino. e estou muito orgulhoso”, disse Akon.

O álbum contém dez faixas produzidas por um grupo especial de produtores que trabalharam com Michael Jackson. Embora o foco principal sejam as músicas nas quais Michael estava trabalhando recentemente, existem outras faixas mais antigas igualmente importantes.

Eu ouvi apenas 40 segundos de "(I Can’t Make It) Another Day" num dueto com Lenny Kravitz. E pelo visto esta será a grande música do álbum. E uma das melhores músicas feitas por Michael Jackson nestes seus anos de declínio. O dueto realmente funcionou muito bem.

"Michael" é o primeiro lançamento em nove anos de um material novo produzido pelo Rei do Pop. O álbum marca mais um lançamento sob o novo acordo entre o Espólio de Michael Jackson e a Sony Music e que da continuidade à relação de 35 anos entre a gravadora e Michael.

O engraçado aqui é a Sony ressaltar esta parceria. Michael Jackson vivo foi demitido e abandonado pela gravadora. E agora morto voltou a ser o maior astro em vendas e aclamado pela mesma. Ou seja, é bom ter material novo de Michael Jackson, mas não assim.

Confira as faixas de "Michael"


1. Hold My Hand (Duet with Akon)
2. Hollywood Tonight
3. Keep Your Head Up
4. (I Like) The Way You Love Me
5. Monster (Featuring 50 Cent)
6. Best Of Joy
7. Breaking News
8. (I Can’t Make It) Another Day (Featuring Lenny Kravitz)
9. Behind The Mask
10. Much Too Soon


Sérgio Scarpelli