06/11/2008

Bitter Sweet - Drama

O Trip Hop elegante do Bitter Sweet em novo CD.

 
 
 
 
Nunca me esqueço quando ouvi pela primeira vez esta duplinha americana. Foi numa coletânea e a música era "The Matting Game". Som adorável do estilão que eu costumo chamar particularmente de sonzinho 007. Fui atrás de mais coisas do Bitter Sweet e descobri o álbum de mesmo nome. E a partir daí, fui me deliciando cada vez mais com seu som. E para completar, lançaram logo depois o álbum "The Matting Game" inteiro em versão remix. Demais!

Bem, o Bitter Sweet está de volta em "Drama" seu segundo álbum. Eles continuam com seu som moderninho, ou mais especificamente, um trip hop elegante e sexy. É um álbum que flui com facilidade e invade a sala com maestria. É um "jazzy moody" danado. O vocal gostoso de Shana Halligan é um show a parte. E Kiran Shahani impõe uma pegada funky com toques de jazz. Como todo segundo álbum "Drama" é quase mais do mesmo e pouco inova. Mas o mais do mesmo também é positivo porque o som da dupla continua redondinho.

Por coincidência onde eles mais se diferem do álbum anterior se torna a melhor parte do disco. Caso da faixa "Get what I want", a melhor do álbum, pois impõe um groove bacana mas de um jeito suave. "Waking up" é outra faixa diferentona e mais pesada. Tem uma base funk eletrônica bem cadenciada e um ritmo pegajoso. Outra bem legal é "Come along with me".

Já na categoria mais do mesmo o destaque é "Trouble" que não deixará nenhum fã da banda órfão.

Sérgio Scarpelli

29/05/2008 09:52:39