12/01/2010

Seal e os Hits

Cantor britânico lança coletânea super caprichada com o objetivo de se posicionar definititvamente como cantor de Soul.
 
 
 
 

Se as pessoas forem convidadas para citar uma lista de cantores contemporâneos de Soul Music, é improvável que o cantor britânico Seal apareça. E isso é natural já que seus maiores hits como "Kiss From a Rose" tiveram aquele carimbo de música Pop.

Outro exemplo foi  seu 1º hit "Killer" que apesar do sucesso não fez barulho nas rodinhas de Soul/R&B pelo mundo. Então certamente Seal não seria uma das escolhas mais óbvias em uma lista que inclui nomes como Will Downing ou Raphael Saadiq.

E trazer Seal para a cena Soul é uma das maiores virtudes desta compilação “Hits”. Mesmo tendo, lógico, todos seus hits com grande apelo Pop, a sensação no final é que estávamos diante de um cantor essencialmente de Soul Music e que fez um crossover.

E Seal também ajuda nesta percepção já que uma das música novas do álbum é simplesmente um remake de Sly Stone, o funkão “Thank You”. Outra inédita é "I Am Your Man" da lendária dupla de compositores da Motown e do R&B, Ashford & Simpson.
 
Além disso Seal escolheu 3 faixas do seu último álbum “Seal Soul” onde ele fez 11 covers de clássicos da Soul Music, entre elas a maravilhosa “Free”. Fora que as negras "Get It Together", “The Beginning” e  a maravilhosa “Crazy” estão no álbum.

A conclusão é de que se alguém tinha alguma dúvida, Seal é um cantor de Soul. Um exímio cantor diga-se de passagem. Aquele seu barítono rouco inconfundível é um prato cheio para a vertente. E a sua interpretação vem lá do fundo da alma.

Altamente recomendado!


Sérgio Scarpelli