26/11/2008

Alice Russel – Pot Of Gold

3º álbum da loirinha é mais um grande exemplar da Soul Music.
 
 
 
 

Não tem erro! Alice Russel é sinônimo de boa música sempre.  Eu acho até que qualquer adjetivo pra loirinha de olhos azuis está aquém do que ela é na verdade. Seja em carreira solo ou nas suas participações memoráveis em bandas como Quantic Soul OrchestraUnforscene, Nostalgia 77 ou The Bamboos.

Pois bem, Alice está lançando agora “Pot of Gold”, seu terceiro álbum de originais que pelo incrível que pareça não está saindo pela Tru Thoughts que a descobriu. Mas tem explicação. A menina agora tem seu prórpio selo chamado “Little Poppet”.

“Pot of Gold” tem a produção do seu parceiro de sempre TM Juke e mostra uma Alice Russel no auge da forma. A sua voz tem algo de atemporal mas também soa tremendamente moderna, com uma essência que incorpora facilmente elementos que vão do Funk ao Jazz passando pelo Gospel.

O álbum tem toda uma atmosfera retrô como se fosse editado pela Stax ou Atlantic nos anos 60. Mas é só fachada. O que ouvimos aqui é Soul Music pra lá de contemporânea. Ainda mais porque Alice Russel é o episódio que deu origem a série. Depois dela vieram Amy Winehouse, Adele, Duffy e por aí vai.
 
Falando do disco em si,  a faixa "Living The Life of a Dreamer" é a bombástica e arrasadora. Com uma melodia nada usual ela causa furor desde sua primeira nota. "Let Us Be Loving" lembra muito algumas músicas de Zap Mama e de sua chará Alice Smith. Ou seja, vale ouvir cada segundo. Outro destaque é  "Turn and Run" que é uma espécie de “hyperspeed tempo”. Demais!!!

A conclusão que eu tiro é que Alice Russel é esplêndida sozinha ou bem acompanhada.


Sérgio Scarpelli