26/12/2008

Jazztronik – JTK

Para comemorar os 10 anos do seu Jazztronik, Ryota Nozaki lança o melhor álbum de sua carreira.
 
 
 
 

Para começar a falar sobre o novo álbum do Jazztronik vou utilizar duas máximas: o Jazztronik parece vinho e só melhora com o tempo. Ou, o Jazztronik faz aniversário mas quem ganha o presente é você. Por mais batidas e jargões que sejam, estas frases são a melhor definição de “JTK”. Disco que marca os 10 anos deste projeto japonês sensacional.

Há exatamente 10 anos, o DJ e pianista Ryota Nozaki decidiu incorporar em sua Deep House, elementos do Funk, Jazz, Acid Jazz e Ritmos Brasileiros. Nascia assim o Jazztronik.

Com influências de George Duke, Herbie Hancock, Chick Corea, Sakamoto, Tom Jobim, Ennio Morricone e até Brian Eno, o Jazztronik cruzou logo a fronteira do Japão chamando a atenção de verdadeiras autoridades do outro lado do mundo em termos de Dance Music. Nada menos que Gilles Peterson, Danny Krivit e o mago Louie Vega.

Álbuns célebres foram lançados e divulgados como por exemplo “Horizon”, “Samurai”, “Love Tribe” e “Grand Blue”, tornando Ryota um produtor popular no seu país e cultuado no resto do planeta.
 
E não é que na hora de lançar uma espécie de álbum comemorativo para sua carreira, Ryota Nozaki conseguiu produzir o melhor de todos. É uma sucessão de grooves absolutamente fantásticos. Muito bem encaixados com seu piano inconfundível e vocais alucinantes de Valerie Etienne, Robert Gallagher e Emi Meyer. Fora que as faixas instrumentais são um estrondo.

Ryota mostra que amadureceu muito em 10 anos. Ele incorpora os elementos negros, latinos e jazzísticos de verdade. Não são mais apenas alegorias mercadológicas. Se tornaram elementos profundos de sua música. Isso sem falar na sua inteligência em escolher beats mais adequados para cada melodia.

O resultado é um desfile de músicas sofisticadas e contagiantes. Uma música boa seguida de uma música ótima que é seguida por um música excelente e por aí em diante. Cinco estrelas para as faixa "Real Clothes" que me remeteu diretamente a Salsoul Orchestra. Simplesmente fantástica. Outros detaques são  "For You", "Room 204", "Hayabusa", "Reminiscing", "JTK", "Click Clock", "Black Dragon", "Leap", "Real Clothes" e "Peche Mignon".

Parabéns Ryota Nozaki. Pelo aniversário e mais ainda, pelo discasso!

Sérgio Scarpelli