09/05/2009

Monet - Vain

Talentosa flautista do Brooklin e pupila de Bobbi Humphrey, Monet lança um EP impecável.
 
 
 
 

Jazz
com sabor de Soul. Ou Soul com sabor de Jazz. Não importa. A instrumentista Monet faz um som que faz a gente viajar pelos melhores caminhos da música. Os arranjos nada convencionais com sua flauta inconfundível dão novos ares ao Smooth Jazz. E isso é muito bom.

Monet está lançando um EP chamado Vain. Não entendi porque só um EP. Ela já tem gabarito e rodagem para colocar no mercado um álbum inteiro. Mesmo assim vale a nota pois trata-se de música da melhor qualidade. Melodias criativas,  incursões modernas e um bom gosto latente.

A faixa título é prova contundente do que estou falando. Uma música instrumental de uma beleza descomunal A fusão entre o Jazz e o Soul é levada as últimas consequências e a flauta de Monet encaixa muito bem na música sem jamais parecer piegas ou música de elevador.

Diria que Monet é fiel seguidora de Bobbi Humphrey. Está aí para defender legado que o mestre deixou. Mas Monet  como jovem que é,  também é antenada. E chamou nada menos que DJ Spinna na faixa "Navajo Mood" e aí a coisa pega para os lados do groove.

Outra maravilha são os vocais de Robin Smalls na faixa "Minute By Minute", o remix de Tom Mouton para a belíssima música "Spirit" e a partcipação de Akil no remake do super clássico "NY Times" de  Bobbi Humphrey. Uma bela honeganem.

Por ser EP deixa um gostinho danado de quero mais.


Sérgio Scarpelli


Para conhecer mais sobre "Vain" acesse www.myspace.com/monetonline