12/07/2009

Re:Jazz lança Nipponized

O alemão Matthias Voght se inspira no groove japonês e cria um álbum fora de série.
 
 
 
 

Matthias Voght
é pianista, produtor, arranjador, compositor e, ocasionalmente, cantor. Mas seu maior talento na verdade é a capacidade de reunir outros talentos, sejam músicos ou cantores, para seu projeto Re:Jazz. E agora no álbum “Nipponized” este alemão foi fundo nisso convidando astros do groove japonês.

Como o próprio nome sugere o Re:Jazz faz uma espécie de jazz reciclado, mais conhecido como NuJazz. Em bom português isso significa o jazz com um apelo mais pop. Ou o jazz fundido com a música eletrônica. Seja o que for, o resultado é sempre uma música cheia de imaginação e rítmo. Boa pra ouvir e dançar.

Em “Nipponized” este alemão chega ao ápice de sua criatividade produzindo de longe seu melhor trabalho. Com parceiros japas como os produtores e compositores Shuya Okino, Shinichi Osawa, Ryota Nozaki e Ryuichi Sakamoto, Matthias Voght apresenta 11 faixas sublimes com predominância dos grooves instrumentais.

E quando ele decide colocar vocais, escolheu a  maravilhosa cantora Inga Luhning, sua diva preferida há muito tempo, que garante os melhores momentos do álbum. E também com a japonesa Akiko do Pizzicato 5 que brilha na faixa "Twiggy Twiggy" de autoria de Burt Bacharach e que já foi hit da banda japonesa.
 
Inegável que "Twiggy Twiggy" é a música com potencial de hit e que deve chamar mais a atencão. É muito bacana mesmo esta versão. Mas as atadoras do álbum são The Brightness Of These Days", "MG4BB", "You'll See", "Rita", "Bibo No Aozora", "Skin Against Skin", "Unit” e principalmente "Luv Connection"

Altamente recomendado!


Sérgio Scarpelli



Para conhecer algumas faixas acesse www.myspace.com/rejazzde