06/11/2008

Jazztronik – Grand Blue

A sabedoria oriental do groove. Jazztronik em novo CD.

 
 
 
 
2008 marca o centenário da imigração japonesa no Brasil. E marca também definitivamente a imigração de álbuns japoneses na minha coleção. Cada dia aperece um melhor que o outrro. É o caso deste ótimo Grand Blue do projeto Jazztronik.

Iniciado em 1998 por Ryota Nozaki, o Jazztronik agrega vários estilos. Suas composições misturam o jazz com música eletrônica  ou no palavreado mais moderno é muito nu-bossa, house, broken beat, nu-jazz e latin groove.

E o grande detalhe é que Ryota sempre convida grandes músicos e os deixa a vontade para fazer o som que quiser. E o resultado é sublime.  Já trabalharam com Jazztronik por exemplo artistas do quilate de Flora Purim, Rob Gallagher, Jean Paul Maunick, Sonia Santana, Miki Imai, Marcos Valle, Just One,Yoshihiro Hanno, Everton Nelson.

Mas apesar destes astros internacionais, neste Grand Blue a música mais sensacional é cantada em japonês. Chama-se "Beauty Flow" com vocais da ótima Lorraine Cato. Quando eu ouvi a introdução, juro que pensei que estava diante de um Brand New Heavies ou Incognito da vida. E estava mesmo pois tem participação de Jean Paul Maunick. Excelente e vale todo o disco.

Mas tem outras maravilhas aqui como na faixa "Jazztronik had a party" com participação de Gallagher, "Mista swing" com a minha diva nipônica Monday Michiru, "Love Tribe" com Miss Vehna, "Voyage" como Sonomi Tameoka e "Sanctuary" com Mika Arisaka.

Belo álbum. Ao lado do Super-Phonics um dos melhores dos últimos tempos. Arigatô Ryota!!!

Sérgio Scarpelli

31/03/2008 18:24:11